Loading...

Total de visualizações de página

Pesquisar este blog

5 de dezembro de 2010

In Nomine Dei

Otávio Cabral

Antes que o sol adormeça
Que a minha fé reacenda
E o teu poema amanheça

Cegai meus olhos poeta
As minhas pernas cortai
Todo meu corpo ulcerai

De Deus livrai-me poeta
De sua fome voraz
Livrai poeta livrai-me

De tudo que em seu nome
É praguejado livrai-me
Do paraíso livrai-me


Soneto de mar e vôo quase pássaro

Gonzaga Leão

Possuis provavelmente repetido
da ave o vôo nas mãos e nos cabelos;
nos teus lábios maduros e vermelhos
há certamente um pássaro ferido

que se refaz, de vôo prometido.
São de asas silenciosas teus artelhos.
E há também um mar que em teus joelhos
repousa, um mar na cor do teu vestido

transparente, finíssimo, de gaze,
quase desfeito ao vento, voando quase.
Um mar pousado em ti, calado e breve.

Digo eu que sei que me perdi no mar
que em ti descansa e que aprendi a voar
sem consequências com teu corpo leve.


No azul de Lorca

Arriete Vilela

As estrelas de Lorca repousam
sobre o azul dormido,
mas nada me dizem de ti.

Saberão os álamos dos rios de Lorca
que passos peregrinos se interpõem
entre os nossos azuis,
impossíveis hoje?

Saberão as águas desnudas de Lorca
quantas luzes hás de atravessar,
em quantos corpos hás de dormir
e que labirintos hás de tecer para lograr o tempo,
antes que assomes na madrugada
da minha rua?

Há as caravelas, sei.
Mas não devo apressar-te. Virás
à época dos frutos maduros,
do trigo e das uvas,
do mel e do amor.

Virás no rastro de Lorca
e nos claros azuis em que testemunhei
os luares ferindo de saudade
a noite profunda.

Virás por veredas que se hão de consumir
em flor e silêncio:
aprenderás a ninar Lorca
para compreender que, como ele,
não sabes teu fim
nem teu destino.


A rua da casa do meu avô

José Geraldo Marques

a rua da casa do meu avô
era ampla e bela
como a aurora
e nela
desaguavam (misturados ao ipanema)
todos os rios da minha esperança

a rua da casa do meu avô
era uma ponte
que ligava à cidadezinha
a mais distante galáxia
e por elas (às tardes das sextas-feiras)
passavam todos os touros da minha raça
aos quais a rude gente chamava gado

a noite da rua da casa do meu avô
era mais quilométrica que a da broadway
(embora anti-luzisse):
é que as constelações pareciam armadas para cair
ao menor sussurro de Deus...

19 comentários:

  1. Obrigada por compartilhar tão lindos poemas.Um abraço

    ResponderExcluir
  2. Amiga Guaraciaba,
    Que bela (e alegre) manhã de começo
    de semana você nos proporciona
    ao compartilhar os os poemas do Bestiário.
    Excelente semana para você.
    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Hola muy grato el paseo por su bloog disfrutando de bellas poesías.
    agradesco su grata visita, dejo la huella de mi paso con mi saludo.

    ResponderExcluir
  4. Gracias querido amigo por este año compartido.
    Que en estas fiestas renazca el amor y la luz de la esperanza
    Y los sueños se transformen en una bella realidad.
    Besitos para ti querido amigo, que Dios te bendiga.
    ¡¡FELIZ NAVIDAD PARA TI!!

    ResponderExcluir
  5. Vc é uma constelação de maravilhas!
    Amei tudo por aqui.

    ResponderExcluir
  6. Nos Marino, gracias por compartir esta buena selección de poemas, no le he visitado desde que se hizo mi seguidor y deseo que pase una Santa Navidad y un año feliz
    Reciba mi ternura
    Sor.Cecilia

    ResponderExcluir
  7. amigo, que bacana vc difundir os talentos alagoanos! os poemas são maravilhosos

    abraços e aproveito pra te desejar um excelente natal pra vc e os seus, com mta paz, amor e fraternidade.

    ResponderExcluir
  8. Siga cantando e compartilhando, caro.
    Um ótimo 2011 pra você.

    ResponderExcluir
  9. Um 2011 ainda mais inspirador para vc...

    abraços

    ResponderExcluir
  10. Iremar,

    uma verdadeira bênção descobrir expoentes alagoanos da poesia. Vc os põe à mesa e eu os devoro com avidez. Os conterrâneos de Graciliano Ramos encontram em mim um admirador inaugurado.

    Forte abraço!

    ResponderExcluir
  11. Oi, passando para desejar um feliz ano novo. bjsss

    ResponderExcluir
  12. Estou postando aqui para lhe dar os parabéns , todas as suas citações são lindas, realmente não tenho palavras para elas, se chegar a publica-las em livro por favor avise-me

    ____________//___________________

    Cristiano S. Siqueira

    Téc. Informática, WebMaster, WebDesign.

    E-Mail cristianoserodio@gmail.com

    AnimeNight - Animes e Eventos

    Paraiso das Lojas - Lojas e Comércios em um só site

    ResponderExcluir
  13. Irenar te espero no dempres más
    Hoy viernes ya puedes pasar a buscar el premio regalo de los 500 seguidores de Estoy a tu lado.
    Con ternura
    Sor.Cecilia

    ResponderExcluir
  14. Olá,

    vim avisar que Blas Fêmea morreu no fogo da inquisição e renasceu Gilda.

    ResponderExcluir
  15. Amigo, te he visitado varias veces y no tengo la felicidad de verte en mi blog, espero que lo hagas algún día , hoy tengo un poema que recito en un vídeo.
    Te espero
    Sor.Cecilia

    ResponderExcluir
  16. Veo que el traductor dice palabras extrañas.
    Estás bien? veo que no publicas y me preocupa.
    te dejo mi ternura
    Sor. Cecilia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sor. Cecilia
      Por razones de salud personal y familiar pasó esta vez
      prácticamente sin navegar. Esperanza casi perdida en este mundo
      que es tan hermoso, pero también trae tristeza.
      Gracias por su amabilidad, preocupación y ternura.
      Volvemos a las actividades.
      Desculpa las palabras extrañas del traductor (rsrsrs)
      Abrazos.

      Excluir
  17. Amigo,gostei demais daqui...agradeço sua visita a nosso blog de ficção...compartilhei pelo mundo online este maravilhoso blog....valeu...fuiiiiii

    ResponderExcluir
  18. Moreijo Moreira25/07/2012 -
    Visitem o blog de nosso amigo Iremar Marinho poeta, jornalista e escritor de nosso lindo estado de Alagoas...recomendo....fuiiii

    Amigo Moreijo
    Por motivo de saúde pessoal e na família passei este tempo
    praticamente sem navegar. Quase perco a esperança neste mundo
    que é tão bonito mas que também nos traz tristezas.
    Agradeço por sua gentileza ao divulgar e participar do nosso Bestiário.
    Abraços.

    ResponderExcluir