Loading...

Total de visualizações de página

Pesquisar este blog

20 de abril de 2010

Tradução de Cícero Melo

A FESTA DA NEVE

Derek Mahon

Bashô, vindo
para a cidade de Nagoya,
é convidado para uma festa de neve.

Há um tilintar de louça fina
e chá na louça fina;
há apresentações.

Então, todo mundo
se amontoa na janela
para olhar a neve caindo.

A neve está caindo em Nagoya
e mais para o sul
nos telhados de Kyoto.

Mais a leste, além de Irago,
ela cai
como folhas no mar frio.

Em algum lugar, estão queimando
feiticeiras e heréticos
nas praças ferventes.

Milhares morreram desde a madrugada
no serviço
de reis bárbaros.

Mas, há silêncio
nas casa de Nagoya
e nas colinas de Ise.
----------------------------------------
DEREK MAHON nasceu em Belfast em 1941. É um dos maiores nomes da poesia em língua inglesa. Este poema foi traduzido de The Snow Party (1975), por Cicero Melo.

2 comentários:

  1. A festa da neve parece ser um poema que ressalta os contrastes. Sons e cores no relevo do poema. Bashô e sua aura contrastando com as imagens da intolerância.
    O branco da neve e o silêncio e sobre eles o fogo e as cinzas a cair.
    Abraços e bom final de semana

    ResponderExcluir
  2. Mai, interessante observar como você faz também um poema ao apreciar A Festa da Neve e seus contastes, na tradução de Cícero Melo

    ResponderExcluir