Loading...

Total de visualizações de página

Pesquisar este blog

10 de novembro de 2009

Melhores poemas que eu li

Marinha

Arthur Rimbaud

As carroças de prata e de cobre -
As proas de aço e de prata -
Batem a espuma,-
Levantam as cepas das sarças.
As correntes no campo
E os sulcos imensos do refluxo
Soltam-se circularmente rumo ao este,
Rumo aos pilares da floresta,-
Rumo às hastes do quebra-mar,
Cujo ângulo é batido por turbilhões de luz.

4 comentários:

  1. Este tem a sonoridade do mar. O poema de Rimbaud seduz.

    ResponderExcluir
  2. Vim agradecer a visita.
    Dizer que minha "casinha de sapê" terá sempre um bule de café em cima de um fogão à lenha para os visitantes e vizinhos.
    Uma rede na varanda para prosearmos poesia sempre que nos apetecer.

    Encantada com seu espaço, e com suas escolhas literárias.
    Quanta qualidade!
    Volto com mais tempo para ler atentamente, já dizendo que os poetas que circulam por aqui também me fascinam, perturbam, arrebatam.

    Um abraço luso-pernambucano.

    Katyuscia.

    ResponderExcluir
  3. Eu voltei prá agradecer tua visita, comentário e adesão ao 'inspirar-poesia'.
    Sobre a questão que me deixaste, direi que apenas escrevo e sem pretenções. Pois esta poesia de nascença sou eu mesmo e não sei definir, Iremar.
    Eu sinto e a palavra tem vontade própria, sabes? Talvez pelo fato de minha formação não ser em letras (sou psicóloga), sinta-me tão à vontade para simples assim deixar ou deitar as palavras nos textos.

    Obrigada e, sempre que desejares e estiveres por lá, por favor, sinta-se entre amigos e assim, à vontade para deixares as tuas palavras, impressões e críticas. Serás sempre bemvindo.
    Assim como a Katy sou pernambucana e estou fora de Recife há anos. Mas anualmente retorno ao meu torreão e à esse nordeste menino.

    Abraços, amigo.

    ResponderExcluir
  4. Queridas Mai e Katyuscia,
    Que almas diversas e ao mesmo
    tempo próximas no sabor humano e cultural.
    Vocês têm espíritos que encantam a gente.

    Abraços alagoanos para vocês, amigas

    ResponderExcluir