Loading...

Total de visualizações de página

Pesquisar este blog

20 de janeiro de 2010

Meus poemas

Antes que tarde

Iremar Marinho

Antes que tarde
sem alarde
tu vens louca
rouca

Em cada porto
(cada povo
que vistes)
sentistes
a vida
exuberante
como era antes

(Teu pecado
ao lado
do meu perdão -
coração
de gelo)

Apelo
à pedra
deste segredo
(degredo
que vivo e vives):

pela vida
exuberante
como era antes
Antes que tarde

7 comentários:

  1. Oi Iremar!

    Vejo que 2010 começou com uma belíssima inspiração pra você. Genial! Adorei esse poema, viu?

    Beijoca!

    ResponderExcluir
  2. Olá, Querida Tânia!
    Que bom que você vê este modesto "poeta" com inspiração belíssima e ainda genial!
    Pessoas como você nos oferecem grande incentivo para que continuemos em busca da poesia!

    Beijos e agradecimentos!

    ResponderExcluir
  3. Meu conteraneo muito gosto de chegar aqui e ler tuas maravilhas.
    beijos de tua amiga

    ResponderExcluir
  4. Olá, Amiga Rachel,

    Não resisto ao charme do Cristal de uma Mulher e te cumprimento por tuas belíssimas páginas!Teu comentário me dá forças para começar bem a semana, com tanta beleza junta!
    Não é toda hora que se encontra uma pessoa tão cheia de amor como você!
    Parabéns!

    Beijos e abraços,

    Iremar Marinho

    ResponderExcluir
  5. Iremar, se a inveja pode através de um eufemismo ser salutar, confesso que esse desejo de ser poeta é o meu pecado.
    Parabéns por sua genialidade imortal

    Mário Augusto

    ResponderExcluir
  6. Amigo Mário Augusto,

    Sou grato por sua apreciação da poesia,
    que não depende de genialidade nenhuma.
    Tampouco o seu desejo de ser poeta é um pecado.
    Importante é que você não apenas deseje ser poeta, mas faça poesia, ouse.
    Poesia é apenas o manejo das palavras para o qual alguns têm mais facilidade que outros. Mas é só uma questão de treinamento e gosto, como qualquer outra técnica.
    Tenho um micropoema que define bem o que considero do poeta:

    "Nem profeta
    nem herói
    ou rei da raça
    O poeta se racha"

    ResponderExcluir
  7. Vi que estás inscrito no mar de poesia, grupo no qual faço parte, e aproveitei para conhecer teu blog. Muito bom, belas poesias suas e muito bem escolhidas as poesias de outros autores. Parabéns!

    ResponderExcluir